Páginas

19 de maio de 2014

Ferramenta auxilia a identificar revistas para publicação de artigos

Ferramenta auxilia a identificar revistas para publicação de artigos

A escolha de um periódico para publicar um trabalho representa a maior dificuldade enfrentada hoje por diversos pesquisadores durante o processo de preparação de artigos científicos. A fim de facilitar esse processo de identificação de periódicos, a empresa Edanz Group lançou uma ferramenta gratuita, disponível na internet, que identifica boas opções de revistas para publicação de artigos científicos específicos. Ao digitar o resumo, ou frases-chave (ou amostra do texto no campo principal do programa), ela fornece uma lista de periódicos que publicam em áreas relacionadas ao tema da pesquisa relatada no artigo. Os usuários do serviço podem refinar os resultados da busca com base em critérios que julgam ser importantes para publicações nas quais gostariam de publicar seu artigo, como frequência de publicação, fator de impacto e modelo de publicação e até acesso aberto. O programa também fornece informações básicas sobre as publicações indicadas e uma lista de artigos relacionados ao tema pesquisado que a revista científica tenha publicado recentemente. Com base nesse conjunto de informações, resta ao usuário visitar o site das publicações pelas quais se interessou para sacramentar a decisão de onde apresentar seu artigo. Mais informações:http://www.edanzediting.com/journal_selector/ 

FONTE: CRbio 4


Ecosia

A internet é, atualmente, uma das maiores fontes de informação. Diariamente, centenas de milhares de pessoas a utilizam em busca de algum dado. Já pensou se a cada vez que alguém fizesse uma busca uma árvore fosse plantada? Isso já é realidade. Os alemães criaram o Ecosia (http://www.ecosia.org/), uma plataforma de busca com o mesmo mecanismo do Google, mas que a cada pesquisa registrada, uma árvore é plantada no planeta. Somando mais de dois milhões e meio de usuários em todo o mundo, que realizam cerca de 20 milhões de buscas por mês, o site cumpre papel fundamental para a sustentabilidade e desenvolve, ainda, outras ações em nome do meio ambiente. Os criadores da plataforma se uniram ao Yahoo, ao Bing e à WWF para concluir o projeto que destina, pelo menos, 80% de suas verbas para um programa de preservação das florestas tropicais no mundo inteiro - sobretudo na Amazônia. Desde sua criação, o buscador obtém dinheiro por meio dos links patrocinados, estabelecidos pelas empresas, que inserem os endereços virtuais no canto direito da tela. Hoje, o site http://www.ecosia.org/ registra que já foram plantadas 129.697 árvores. E você, já fez a sua busca? .

FONTE:CRbio 4

Nenhum comentário:

Postar um comentário